Eu sabia que um dia isso ia acontecer…

De acordo com o Daily Mail, a corte de Ras Al Khaimah (Emirados Árabes Unidos) condenou uma mulher a três meses de prisão por espionar o celular do seu marido sem consentimento do mesmo.

O homem acusou a esposa de violar a sua privacidade ao pegar o seu celular enquanto ele estava dormindo para copiar todos os dados para outro dispositivo para depois vender as informações, incluindo fotos e chats.

Já a esposa garante que o marido cedeu a sua senha uma vez que, em outra oportunidade, ela descobriu que ele estava a traindo com outra mulher.

Nos Emirados Árabes Unidos, as leis cibernéticas são muito rígidas, já que foram recentemente renovadas pelo presidente Sheikh Khalifa, com forte ênfase em proteger a privacidade dos indivíduos.

Como era de se esperar, o caso dividiu opiniões nas redes sociais, com alguns defendendo a mulher, e outros sinalizando que a sua sentença foi merecida.