A linha de gadgets sexuais da Lovense conta com recursos que interagem com smartphones e tablets para controle do dispositivo. Porém, o software que gerenciava tudo também espiava o que o usuário fazia enquanto utilizava o dispositivo.

Um usuário do Reddit decidiu liberar o espaço de armazenamento do dispositivo, e descobriu que o arquivo “tempSoundPlay.3gp” contava com todo o áudio da última vez que ele utilizou o acessório.

O arquivo de seis minutos, reproduziu e armazenou sem a autorização do dono do gadget entre ele e os seus amigos quando usaram o vibrador como mais um item dentro de um jogo de uma partida de bilhar (WTF?).

 

 

O fabricante respondeu rápido, alegando que é um bug presente no aplicativo para Android, e garantiu que nenhum arquivo é enviado para os servidores da empresa asiática responsável por esse produto.

Mas… dá para acreditar?

A mais recente atualização do aplicativo teria solucionado o problema. Mesmo assim, temos aqui um grave problema de segurança, gerando uma gravação comprometedora que pode ser roubada.

É… não dá para confiar em mais nada mesmo…

 

Via Reddit, The Verge

Leia também:   O universo Star Wars invade o museu Madame Tussauds