Hackear o WhatsApp é algo bem difícil. O mais provável disso acontecer é com alguém roubando o seu celular e entrando diretamente nas suas mensagens. Algo que é bem comum, e pode acontecer com qualquer um de nós.

Porém, existe um aplicativo que não apenas ajuda a evitar que isso não aconteça com processos de segurança que o WhatsApp não possui de forma nativa, mas também registra uma foto da pessoa que inseriu um código incorreto ou uma digital que não coincide com a cadastrada.

 

Tire uma foto do intruso no seu WhatsApp

O nome do aplicativo é AppLocker, e é exclusivo para o Android. E funciona muito bem.

A ideia é oferecer uma capa extra de segurança, e essa capa não vale apenas para o WhatsApp, mas sim para qualquer aplicativo instalado no seu smartphone, incluindo a galeria de fotos. A melhor parte é que, além de você poder inserir um segundo pin ou padrão de desenho, é possível utilizar o mesmo sistema de leitura de digitais já cadastrado no seu smartphone.

Se alguém pegar o seu smartphone e quiser acessar algum aplicativo protegido pelo AppLocker, o software vai pedir o desbloqueio previamente configurado por você (pin, padrão ou digital). Após um número especifica de tentativas incorretas, uma foto é registrada com a câmera frontal, mostrando a identidade do curioso.

Obviamente, não estamos aqui afirmando que você tem alguma coisa a esconder. Mas se você tiver, esse aplicativo pode te ajudar.

Além disso, entendo que todo e qualquer usuário de tecnologia tem o direito a estabelecer um filtro de privacidade em relação aos seus dados, independente do quão sensíveis podem ser esses dados.

Logo, a camada de segurança extra ao WhatsApp e aos demais aplicativos que você possui no seu smartphone Android é mais que bem vinda. Você pode não evitar uma invasão ocasional do seu dispositivo, mas ao menos complica a vida daquele que vai tentar burlar a sua segurança.