As políticas migratórias de “tolerância zero” adotadas por Donald Trump resultou na separação de mais de 2 mil crianças de suas famílias na fronteira entre Estados Unidos e México. Diante disso, Charlotte e Dave Wilner, casal morador de Silicon Valley, organizou nesse final de semana uma campanha de arrecadação para ajudar as famílias que foram afetadas por decisão tão imoral.

A iniciativa do casal no Facebook foi bem sucedida. Em apenas três dias, eles arrecadaram US$ 3.45 milhões, doados por mais de 84 mil pessoas que abraçaram a causa.

A insanidade de Trump está fazendo com que pessoas sejam separadas dos seus parentes e encarceradas em jaulas. Milhares que cruzaram a fronteira entre México e Estados Unidos estão passando por isso, e os testemunhos desses casos chegaram nas redes sociais. A prática de Trump é injusta, cruel e imoral, e as imagens tentam sensibilizar a comunidade para a gravidade da situação.

Pessoas que pretendiam entrar nos EUA sem documentos são presas, e as crianças a partir dos 5 anos de idade são separadas dos seus pais. Os grupos de defesa dos direitos humanos e especialistas em pedagogia e psicologia classificam a prática de Trump como “abuso de menores”.

As crianças separadas de suas famílias não sabem onde seus pais estão, e os pais não podem interceder por seus filhos. E a administração Trump parece não ter a menor intenção de estabelecer um protocolo para unir as duas partes. Em alguns casos, os pais foram deportados para seus países de origem sem os seus filhos, e também há casos de crianças deportadas sem seus pais.

 

 

Indignados pela política nefasta de Trump, o casal decidiu organizar a arrecadação, que será doada para o grupo RAÍCES, ONG do Texas que oferece serviços de assessoramento legal gratuito para imigrantes.

Nas últimas horas, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, se posicionou contra as medidas de Trump. Em janeiro, Jeff Bezos (fundador da Amazon) doou US$ 33 milhões para um fundo destinado a imigrantes sem documentos recém chegados nos EUA.

E a solidariedade dos usuários do Facebook continua. As doações não param de crescer, já superando os US$ 4 milhões, de um total de US$ 5 milhões da meta oficial. Você também pode realizar doações para a causa, com pagamento via cartão de crédito internacional. Clique aqui para mais detalhes.