Por enquanto, é apenas uma teoria. Mas como vivemos em um mundo onde absolutamente tudo pode acontecer… existe a real possibilidade da Google estar trollando com todo mundo em relação ao Pixel 3 XL.

Foram vazamentos tão diversos e insólitos relacionados ao dispositivo, que dá para desconfiar. O mais recente envolve um unboxing do futuro smartphone, muito bem feito. Bem feito demais para ser verdade.

A Google sequer se preocupou em remover esse unboxing do YouTube, e todos os dias aparece algo novo sobre o dispositivo. O que se especula “oficialmente” é que uma remessa com protótipos do smartphone foi roubada e comercializada na Europa.

Algo raro de acontecer, levando em consideração a gigante de tecnologia que é a Google. Ainda mais levando em consideração que a própria Google pode inutilizar todos os dispositivos remotamente.

Mas… não. Ela deixa tudo fluir, sem maiores problemas.

 

 

As críticas ao dispositivo não demoraram a chegar, especialmente por causa do notch gigante. Agora, o que o 9to5Google revela é que a gigante de Mountain View entrou em contato com vários youtubers, pedindo permissão para utilizar pedaços específicos dos seus vídeos, onde eles criticam de forma fervorosa o notch.

Vale lembrar que, no evento de lançamento do Galaxy Note 9, a Samsung utilizou fragmentos de vídeos do YouTube, o que indica é que a prática não é uma novidade no setor. Mas chama a atenção que a Google queira justamente as críticas realizadas pelos youtubers.

Aqui, temos duas possibilidades.

A primeira é para justificar o notch. A segunda pode ser para explicar a “pegadinha do mallandro”, onde a própria Google espalhou protótipos do dispositivo pelo mundo, em forma de fuga controlada, para gerar uma reação dos influenciadores… para finalmente lançar o verdadeiro Pixel 3 XL sem notch.

De novo, é teoria da conspiração pura e simples. Mas seria um gol de placa da Google. Se realmente for isso, a estratégia é genial.

No dia 9 de outubro, vamos descobrir a verdade. Um evento em Nova York será o local de apresentação dos novos smartphones.

Será que a Google é capaz de surpreender?

 

 

 

Via 9to5Google