Um smartphone que há seis anos poderia ser chamado de top de linha hoje custa apenas US$ 3,60. O ZTE Boost Icon Nero oferece especificações que eram excelentes em 2010.

O modelo possui tela de 3.5 polegadas (480 x 320 pixels), processador MT6752M dual-core a 1 GHz, 512 MB de RAM, 4 GB de armazenamento (expansíveis via microSD de até 32 GB), câmera traseira de 2 MP, conectividades WiFi e 3G, sistema operacional Android 4.2.2 (em teoria atualizável para o Android 4.4) e bateria removível de 1.200 mAh.

Por menos de US$ 4… nada mal. Sua relação custo-benefício é excelente, mas infelizmente esta é uma oferta especial e limitada ao mercado australiano.

No Brasil, um dispositivo com essas características custaria entre R$ 150 e R$ 250 nos mercados alternativos.

 

Via Neowin