Primeiro, o Google Maps. Agora, o YouTube. Estaria a Apple em guerra com o Google, para deixar dois importantes serviços da empresa de Mountain View de fora do iOS 6?

Pois bem, o recém lançado beta 4 do iOS 6 traz como principal novidade a ausência do aplicativo do YouTube de forma nativa. Essa iniciativa da Apple pode significar muitas coisas, desde uma tentativa de pressionar o Google para fechar um acordo mais vantajoso para o pessoal de Cupertino, ou até mesmo a substituição do YouTube por um serviço de vídeos proprietário da Apple.

Para esclarecer o assunto, a Apple comentou a situação em forma de um comunicado enviado para a imprensa. O comunicado basicamente confirma de forma oficial que o YouTube não será incluído nas futuras versões do iOS, pelo simples motivo que a licença da Apple com o Google expirou. Para que seu usuários continuem utilizando o site de vídeos, a empresa recomenda que utilizem o Safari para acessar a página do serviço.

Palavras da Apple:

“Our license to include the YouTube app in iOS has ended, customers can use YouTube in the Safari browser and Google is working on a new YouTube app to be on the App Store.” – Apple

ou…

“Nossa licença de inclusão do aplicativo do YouTube no iOS terminou, e os usuários podem acessar o YouTube no navegador Safari. O Google Está trabalhando para que um novo aplicativo do YouTube esteja na App Store.”

Esse comunicado foi emitido pela Apple ao site The Verge, depois deles publicarem que (hipoteticamente) a Apple estava planejando remover todos os serviços do Google no seu sistema, de forma nativa, para colocar opções da própria Apple. Já o Google informa que está trabalhando para oferecer aplicativos do Google Maps e do YouTube na Apple Store, que futuramente vão substituir os aplicativos atualmente disponíveis para o iPhone, iPad e iPod Touch (e que serão removidos no iOS 6).

Via SlashGear