YouTube

 

O último lugar onde você iria encontrar conteúdo adulto e explícito na internet era o YouTube, certo? ERRADO!

Os piratas informáticos encontraram uma forma de enviar conteúdo pornográfico com copyright para o YouTube, e a Google não pode fazer nada para evitar isso.

É bem mais simples de você imagina. Basta enviar o conteúdo adulto em privado. Dessa forma, ele não aparece nas buscas habituais, mas a biblioteca dos servidores do YouTube registra o envio.

Desta forma, o Google não pode controlar o envio, e o serviço que enviou economiza uma boa quantidade de dinheiro em servidores. Por ser um vídeo privado, o YouTube “deixa de controlar” o seu conteúdo, ou o faz com menor intensidade que os vídeos públicos, mas os mesmos podem ser vistos em outras páginas web.

Vale lembrar que a Google tenta de alguma forma fechar os sites que utilizam de tal tática para não pagar servidores e distribuir conteúdo adulto sem precisar colocar a mão no bolso.

 

Via Torrent Freak