yahoo-mail

 

O Yahoo Mail desabilitou o recurso de reenvio automático de e-mails. A empresa afirma ser uma desativação temporária por conta de uma manutenção, mas pode ser uma tentativa para evitar um êxodo em massa dos usuários para outros serviços.

O reenvio automático de e-mails é um item básico encontrado em todos os principais serviços do mercado, permitindo a redação automática de e-mails recebidos de uma conta para outra. O recurso também ajuda na transição de um serviço para outro, e é isso que o Yahoo! quer evitar. Desse modo, os clientes da British Telecomm estão incapazes de eliminar o Yahoo! Mail subcontratado nos seus planos.

 

 

Medida questionável. Mais uma entre tantas…

 

Na semana passada, ficamos sabendo como o Yahoo! espionou secretamente os e-mails de dezenas de milhões de seus usuários, entregando seus dados para as agências de inteligência norte-americanas. A empresa criou um software específico para espionar as contas do Yahoo Mail, buscando informações específicas solicitadas pela NSA ou FBI, através de um pedido secreto e expresso do governo dos Estados Unidos.

A notícia caiu como uma bomba, e se somou negativamente ao ataque aos servidores da empresa em 2014, que comprometeu 500 milhões de contas de usuário do Yahoo!

Fato é que o Yahoo! está mais morto do que vivo. Porém, está em processo de operação de venda para a Verizon, que diante das últimas revelações, quer reduzir consideravelmente o valor acordado de US$ 4.8 bilhões na operação.

É sempre bom lembrar que no auge da bolha tecnológica, o Yahoo! chegou a valer mais de US$ 100 bilhões. Uma pena ver a empresa se suicidando com tal estratégia.

Via The Register