A Xiaomi apresentou oficialmente o Xiaomi Redmi S2. O ‘S’ do nome é de ‘Selfie Series’, e o dispositivo é pensado para bater de frente com o Oppo A3 e o Vivo Y85, modelos muito fortes no segmento das auto-fotos.

O novo smartphone conta com tela de 5.9 polegadas (18:9, HD+), com uma aparência inspirada na maioria dos equipamentos da Xiaomi, mas com linhas de antena um pouco diferentes. A parte traseira do dispositivo é de metal, com um leitor de digitais.

A parte inferior conta com porta microUSB e alto-falantes, e na parte superior está a saída de áudio 3.5 mm.

O Xiaomi Redmi S2 conta com o processador Snapdragon 625, o que ajuda na equação para um preço reduzido. O chip da Qualcomm vai trabalhar com duas variantes: 3 GB RAM + 32 GB de armazenamento e 4 GB RAM + 64 GB de armazenamento (ambos expansíveis com slot microSD de até 256 GB).

Sua bateria possui 3.080 mAh, e além do já citado leitor de digitais, o smartphone ainda possui desbloqueio facial, Bluetooth 4.2, infravermelho e WiFi n.

 

 

Nas câmeras, o Xiaomi Redmi S2 possui uma câmera traseira dupla de 12 MP + 5 MP, a mesma presente no Xiaomi Mi 6, com flash LED, reconhecimento facial, modo retrato AI e HDR.

A câmera frontal é o grande apelo comercial do dispositivo, combinando um bom hardware com recursos de inteligência artificial para garantir os melhores resultados possíveis.

O Xiaomi Redmi S2 possui uma câmera frontal de 16 MP (sem revelar o tipo de sensor), com flash LED frontal e software apoiado na IA para aperfeiçoar as selfies. Aqui, temos dois modos diferentes, o modo AI Portait e o AI Beauty (modo retrato e modo embelezamento).

 

 

O Xiaomi Redmi S2 tem preços sugeridos de 150 euros (3 GB + 32 GB) e 200 euros (4 GB + 64 GB).

 

 

Via Gizmochina