xiaomi-smartphones

Lei Jun, diretor geral da Xiaomi, declarou que esse ano a sua empresa espera vender entre 80 e 100 milhões de smartphones. Pode parecer um objetivo ambicioso, mas é coerente com o crescimento que a empresa experimentou nos últimos três anos.

A possível chave para alcançar esses números e essa taxa de crescimento passa por se manter forte nos mercados onde a empresa está consolidada, como na China continental, Taiwan, Cingapura, Malásia, Índia e Indonésia. Também passa pela chegada em mercados com potencial, como são os casos de Rússia, Brasil e Turquia.

Por enquanto, é pouco provável que os smartphones Xiaomi vai chegar oficialmente na Europa e EUA em curto prazo, mas seus demais produtos serão vistos nesses mercados em breve, através de lojas oficiais.

E a Xiaomi é uma das empresas que vale a pena ser observada de perto em 2015.

Via GizmoChina