MiPad_Windows10

A Xiaomi inciou as vendas na China da versão com Windows 10 do seu tablet Mi Pad 2. O modelo chega meses depois que a versão Android, e inicia um novo capítulo na estratégia da empresa, em pleno período de especulações sobre a sua entrada no mercado de PCs.

O Mi Pad 2 é um “iPad mini” mais leve e fino, com um chassi metálico que deixa o peso em 322 gramas, e uma espessura de 6.9 mm. Sua tela é assinada pela Sharp com 7.9 polegadas (2048 x 1536 pixels), seu hardware é integrado pelo novo processador Intel Atom de 14 nanômetros (X8500 X5) quad-core a 2.24 GHz, com 2 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, gerenciado pelo Windows 10.

Sua bateria é de 6.190 mAh, e sua conectividade está atualizada com o WiFi ac e uma porta USB Type C. Inclui câmeras de 8 MP e 5 MP.

MiPad_Windows10_2

O Xiaomi Mi Pad 2 com Windows 10 custa o mesmo que a versão com Android com a mesma capacidade: aproximadamente US$ 200, e estará disponível na China nessa semana, em três versões de cores, e acessórios como um teclado.

Além da notável relação custo-benefício, o novo tablet é interessante por marcar a entrada da Xiaomi na plataforma Windows 10. Será mesmo que a empresa vai lançar o seu especulado notebook? Ou vai lançar smatphones com Windows 10 Mobile?

Só o futuro vai responder essas e outras perguntas.

Via GizChina