xiaomi-mi-max-tenaa

A TENAA, entidade certificadora chinesa, revelou praticamente 100% das especificações do Xiaomi Mi Max, o maior smartphone (no tamanho de tela) fabricado pela Xiaomi até agora.

O modelo completamente metálico foi revelado, e o mais surpreendente seja esta aposta por um tamanho de tela que não vingou com outros fabricantes, com 6.44 polegadas. Por outro lado, sua resolução não iria além da Full HD, deixando uma densidade de 344 pixels por polegada. Nada foi dito sobre a tecnologia de tela, mas é de se supor que será uma IPS LCD.

No processador, a Xiaomi parece ter escolhido um chip Qualcomm Snapdragon 650 hexa-core (4+2) de 1.4 GHz, GPU Adreno 510, e duas opções de memórias: 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento, ou 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento. Nas câmeras, um sensor traseiro de 16 MP, e o frontal de 5 MP, e o leitor de digitais na parte traseira do dispositivo está confirmado.

xiaomi-mi-max-tenaa-02

Sua bateria (também não confirmada) decepcionaria um pouco, já que conta apenas com 4.000 mAh, que podem ser insuficientes para uma tela de 6.44 polegadas. Porém, o tipo de tela e sua resolução podem contribuir em alguma economia energética. O sistema operacional será o Android 6.0.1 Marshmallow com a interface MIUI 8.

Ao que parece, o Xiaomi Mi Max pode custar a partir de US$ 200 (já convertidos), o que seria algo bem adequado para as especificações apresentadas. O modelo deve ser apresentado oficialmente no dia 10 de maio, e certamente vamos conhecer mais dados sobre o modelo até a sua apresentação oficial, incluindo os renders oficiais que aparecem um pouco antes de sua apresentação.

Via Phone Arena