xiaomi-mi5-final-27

Parece que o lançamento do Xiaomi Mi5 foi um sucesso na China, ao ponto da produção de smartphones para o lançamento ser inferior à demanda. Por conta disso, foi solicitado à Foxconn aumentar a produção do dispositivo.

Foram recebidas 17 milhões de reservas antes da primeira venda relâmpago, uma das táticas de marketing favoritas dos fabricantes asiáticos. A venda aconteceu no dia 1 de março, e as unidades disponíveis se esgotaram em poucos minutos. Apesar da Xiaomi ter se esforçado em colocar unidades suficientes para venda, muitos terão que esperar meses para adquirir seus smartphones.

A Xiaomi preparou aproximadamente 4 milhões de unidades do Xiaomi Mi5, muito abaixo das 17 milhões de unidades reservadas. Estima-se que todas as reservas poderão ser atendidas nos meses de abril e/ou maio. A próxima venda relâmpago desse smartphone acontece no dia 8 de março (terça-feira), com provavelmente menos unidades a venda do que na primeira leva.

Por enquanto o Xiaomi Mi5 está disponível apenas na China, mas a empresa espera que este seja o primeiro dos seus smartphones a ser vendido nos Estados Unidos.

Via PhoneArena