Xiaomi-mi-5

A Xiaomi apresentou na MWC 2016 o seu novo smartphone top de linha, o Xiaomi Mi 5, que não trouxe muitas surpresas. O modelo substitui o Mi 4, apresentado no meio de 2015.

Estamos diante de um autêntico top de linha nas especificações, mas sem nenhum aspecto que assombre. A Xiaomi consegue montar muito bem seus dispositivos, extraindo o melhor dos componentes, mas sem bater de frente com as gigantes do setor. Mas isso não quer dizer que eles não são uma dor de cabeça para esses mesmos gigantes, sendo uma excelente opção de compra por conta da relação custo-benefício.

 

Snapdragon 820 e até 128 GB de armazenamento

xiaomi-mi5-memoria

O Xiaomi Mi 5 possui tela de 5.15 polegadas (Full HD), abrigando um processador Qualcomm Snapdragon 820, que pode trabalhar em conjunto com 3 ou 4 GB de RAM e três configurações de armazenamento interno (não expansível): 32, 64 e 128 GB (esta última apenas com 4 GB de RAM).

A seguir, as três versões disponíveis:

– Standard Edition: 32 GB, 3 GB de RAM, Snapdragon 820 a 1.8 GHz
– High Edition: 64 GB, 3 GB de RAM, Snapdragon 820 a 2.15 GHz
– Ceramic Exclusive: 128 GB, 4 GB de RAM, Snapdragon 820 a 2.15 GHz

Todas as versões suportam as redes 4G+ (downloads de até 300 mbps) e VoLTE, além de suporte NFC. Também recebem um sensor de digitais na parte frontal, o conector reversível USB Type-C e sistema de recarga rápida QuickCharge 3.0 da Qualcomm.

 

Compacto, curvado e imprimindo qualidade

xiaomi-mi5-final-26

O Xiaomi Mi 5 é um smartphone compacto, com bordas na tela quase inexistentes. Possui uma aparência mais arredondada nas laterais da parte traseira, buscando um agarre mais cômodo e agradável. Novos materiais como elementos cerâmicos (zirconium 3D), mais resistentes, porém, mais caros. A câmera não sobressai do corpo, e o dispositivo estará disponível em três opções de cores (preto, dourado e branco).

O Mi 5 pesa apenas 129 gramas, com dimensões de 144.55 x 69.20 x 7.25 mm, que abriga uma bateria de 3.000 mAh.

 

16 MP, por cortesia da Sony

xiaomi-mi5-final-03

A Mi já nos acostumou a colocar bons sensores fotográficos nos seus smartphones. Dessa vez, encontramos um sensor IMX298 de 16 MP, fornecido pela Sony, que traz as típicas tecnologias da nova geração: foco por detecção por fase, DTI (separação correta de pixels para captar melhor as cores), estabilização ótica de quatro eixos e gravação de vídeos em 4K.

A câmera frontal possui 4 MP, onde a Xiaomi decidiu que é melhor ter menos pixels, mas pixels de maior tamanho, tanto como 2 mícrons para cada um deles. A câmera traseira vem acompanhada por um flash LED dual, e é protegida com cristal de safira.

xiaomi-mi5-final-23

O Xiaomi Mi 5 tem preço inicial sugerido na China de aproximadamente 300 euros. Não há preços definidos para os demais mercados onde a empresa atua, assim como não há previsão de lançamento internacional. De qualquer forma, é um sério candidato a se transformar no smartphone com Snapdragon 820 mais barato do mercado.

Mais imagens a seguir.

xiaomi-mi5-final-27 xiaomi-mi5-final-25 xiaomi-mi5-final-24 xiaomi-mi5-final-01 xiaomi-mi5-final-02 xiaomi-mi5-final-04 xiaomi-mi5-final-05 xiaomi-mi5-final-06 xiaomi-mi5-final-07 xiaomi-mi5-final-08 xiaomi-mi5-final-09 xiaomi-mi5-final-10 xiaomi-mi5-final-11 xiaomi-mi5-final-12 xiaomi-mi5-final-13 xiaomi-mi5-final-14 xiaomi-mi5-final-15 xiaomi-mi5-final-16 xiaomi-mi5-final-17 xiaomi-mi5-final-18 xiaomi-mi5-final-19 xiaomi-mi5-final-20 xiaomi-mi5-final-21 xiaomi-mi5-final-22 Xiaomi-mi-5