XiaomiMi5-teaser

Os rumores estavam corretos. Diferente do que foi desmentido pela empresa em comunicado oficial, a Xiaomi vai suspender o seu calendário de lançamentos no Brasil, além de reduzir o seu quadro de funcionários no país. Esses são claros indícios de desistência da empresa no mercado brasileiro.

As informações foram reveladas pelo vice-presidente da empresa, Hugo Barra, e chegam semanas depois da empresa negar oficialmente a saída do mercado brasileiro. Para o executivo, as constantes mudanças nas regras de fabricação e tributação de vendas online são os principais motivos para a Xiaomi desistir dos lançamentos no mercado brasileiro.

As mudanças citadas por Barra envolvem a revogação da Lei do Bem, que concedia incentivos fiscais para dispositivos fabricados no Brasil, e as alterações nas regras do ICMS, equilibrando a distribuição do imposto entre estados, o que prejudicou seriamente as lojas de varejo online. As medidas foram tomadas ainda pelo governo Dilma Rousseff, em uma tentativa desesperada para equilibrar as contas públicas.

O anúncio se alinha com a informação que a fábrica da Foxconn em Jundiaí (SP) deixou de montar os aparelhos da Xiaomi. Barra informa que a produção poderá ser retomada caso a mesma se torne mais vantajosa que a importação.

A decisão decepciona aqueles que esperavam os recentes lançamentos da Xiaomi, como o Mi 5. Não há prazo para a empresa trazer novos produtos, e os funcionários responsáveis pelo marketing e mídias sociais da empresa no Brasil serão realocados para a sede em Pequim, passando a cuidar remotamente das atividades do mercado brasileiro e planos de entrada da marca na América do Norte. A operação brasileira segue abraçando as áreas de suporte, assistência técnica, logística, finanças, gerência e e-commerce.

Além disso, a Xiaomi está deixando o seu escritório em São Paulo, localizado na Vila Olímpia. A empresa informa que pensa na possibilidade de mudança até o final do ano para um outro bairro.

Via Tecnoblog, Android Pit, Manual do Usuário, Manual do Usuário