XIaomi-Mi5-teaser

A Xiaomi fecho um acordo com a Microsoft, onde os seus smartphones passarão a trazer por tempo indeterminado os aplicativos da gigante de Redmond. O acordo também prevê a compra de 1.500 patentes dos norte-americanos pelos chineses.

Apesar de muita gente torcer o nariz para o bloatware (e com razão), ter programas como Word, Excel PowerPoint, Outlook e Skype pré-instalados no seu smartphone não é uma má notícia. São softwares úteis para a maioria dos usuários. Logo, o registro aqui é positivo: está cada vez mais comum criar e editar documentos e planilhas no smartphone, sem falar nas apresentações que são visualizadas em telas maiores e nas chamadas telefônicas, que são sempre muito bem vindas, principalmente quando estamos fora do país.

O valor da operação não foi revelado, assim como também não foram detalhadas as patentes envolvidas na compra. Mas podemos imaginar que as mesmas estão vinculadas de alguma forma ao setor móvel, seja de forma majoritária ou total. Os primeiros smartphones a receber os aplicativos da Microsoft serão: Xiaomi Mi 5, Xiaomi Mi Max, Xiaomi Mi 4s, Xiaomi Redmi Note 3 e Xiaomi Redmi 3, e os apps começam a ser incluídos a partir do mês de setembro.

No Brasil, veremos isso se a Xiaomi não decidir sair do nosso mercado antes.

Via SlashGear