windows-10-pc-xbox-microsoft

Com o objetivo de unificar de vez as suas plataformas, além de apresentar as novidades para o Windows 10, a Microsoft mostrou como o novo sistema operacional ficará mais próximo de suas plataformas de games.

Um aplicativo que virá pré-instalado no Windows 10 promete criar um ecossistema único entre todos os produtos da Microsoft, reproduzindo a proposta já presente no mundo da telefonia para os videogames.

Apesar da Microsoft confirmar que no futuro o Windows 10 chegará ao Xbox One, a realidade é que, pelo menos em curto prazo, o Windows 10 se contentará com um app integrado ‘Xbox’, que vai permitir adicionar algumas funcionalidades do console no PC.

O aplicativo Xbox vai herdar parte do que conhecemos do aplicativo existente para o Windows Phone, adicionando algumas funcionalidades diferentes. Ele vai servir de ponte entre o Windows 10 e o Xbox One, permitindo por exemplo conectar com nossos contatos a partir do Windows 10 de forma simples e rápida.

A rede social do Xbox será transportada para o sistema para desktops. Poderemos assim ver a atividade de nossos contatos, adicionar comentários para os seus jogos e outras atividades.

Mas talvez o mais interessante disso tudo é que o Xbox não está fechado ao console da Microsoft, permitindo o compartilhamento de conteúdos a partir do PC com o Windows 10, a partir de algum jogo do Steam ou Origin. Tao simples como pressionar as teclas Windows + G, e o sistema gravará os próximos 30 segundos dos jogos, que podem ser enviados como um novo item em nossa atividade.

Por fim, e não menos importante: a partir do aplicativo Xbox também será possível jogar via ‘streaming’ os jogos que você possui no Xbox One. O recurso lembra o Remote Play do PS4, e é algo que muitos usuários pediram. Na demonstração realizada no evento, foi possível ver como uma partida do Forza Horizon 2 funcionava em um equipamento com Windows 10, mas sem mostrar como exatamente a troca entre as plataformas é realizada.

Antes que eu me esqueça: o Windows 10 vai usar como API de jogos o DirectX 12, algo bem lógico e esperado. Não há muitas melhoras além daquelas prometidas no seu lançamento, garantindo um ganho de qualidade nos gráficos.