ios-8-health

Agora é oficial. O iOS 8 foi apresentado no evento inaugural da WWDC 2014, apresentando algumas mudanças importantes ao sistema operacional móvel da Apple, e algumas novidades previamente especuladas. As mudanças devem ser bem vindas pelos usuários, mesmo sendo consideradas conservadoras no aspecto visual e – para o entendimento de muitos – muitas delas serem apenas adaptações de recursos já presentes nos concorrentes.

A seguir, uma revisão em todas as novidades oferecidas pelo novo iOS 8:

Melhorias em várias frentes

– Uma central de notificações melhorada, com notificações interativas, permitindo responder mensagens e outras ações através da própria notificação. Além disso, é possível ouvir uma notificação de voz apenas aproximando o smartphone no ouvido, e responder automaticamente com esse tipo de ações associadas às notificações.

– Duplo toque na tela agora mostra também os contatos favoritos, que podem ser escolhidos diretamente com esse gesto para iniciar uma conversa.

– Visualização de abas do Safari no iPad é mostrada em uma matriz que adiciona uma segunda fila, que controla esses conteúdos. Aplicativo de e-mail com suporte para gestos para destacar mensagens ou marcações para leitura posterior.

– Recomendações exibidas no Spotlight do OS X Yosemite também são exibidas no iOS 8, onde podemos interagir com os resultados da busca, permitindo realizar chamadas para números indicados ou reproduzir conteúdos por streaming disponíveis no iTunes.

ios8-wwdc2014-03

– Teclado com QuickType, sistema de previsibilidade de digitação. O teclado completa automaticamente as frases, “adivinhando” a próxima palavra que vamos utilizar, aprendendo nossa forma de escrita. Com suporte para vários idiomas, inclusive o Português do Brasil

– iMessage com novidades: mensagens de grupo, modo “não perturbe”, compartilhamento de localização com as pessoas que conversamos, compartilhamento de vídeos, etc.

– Suporte ao iCloud Drive, permitindo o acesso aos documentos criados em qualquer plataforma – incluindo Windows.

Saúde é protagonista. E a família, também

ios8-wwdc2014-04

– O HealthKit foi oficialmente apresentado. Ele é um repositório onde os usuários podem obter informações sobre suas atividades físicas e sua saúde. Destaque para o Health (antes conhecido como HealthBook), que é quem registra esses dados.

– A monitorização de saúde e atividades físicas pode ser feita por aplicativos de terceiros, e a Apple espera que o aplicativo possa ser de grande ajuda para tratamentos clínicos. A Apple está trabalhando em colaboração com a clínica Mayo e várias instituições de saúde para o seu desenvolvimento, e lembra que esses dados serão privados, com armazenamento protegido.

ios-8-familias

– O Family Sharing também foi anunciado, e permite que membros de uma família compartilhem fotos, localização, lembretes, compras de conteúdo multimídia dos membros de uma família, entre outros conteúdos. O recurso está habilitado para até seis membros por unidade familiar – com um cartão de crédito associado à essa família -, e os pais receberão um alerta se os filhos tentarem comprar um aplicativo em seus dispositivos.

– As fotos agora podem ser compartilhadas via iCloud Drive, com um sistema de busca baseada na localização, data das fotos ou álbuns criados ao longo do tempo. A edição e pós-processamento das fotos conta com novas opções, e todas as modificações são automaticamente sincronizadas na nuvem.

– O Siri agora pode reconhecer músicas através do serviço Shazam, além de suporte de ditado a 22 novos idiomas (não foram mencionados quais – atualizaremos essa informação em um momento posterior).

– O Mapas recebeu melhorias específicas para a China, com a adição de mapas vetoriais e suporte para a navegação baseada nos mapas – nada foi citado sobre o suporte de rotas para transporte público.

A Apple App Store cresceu, e melhorou

– São 1.2 milhão de aplicativos disponíveis no catálogo da loja, com 300 milhões de visitas a cada semana, e 75 bilhões de aplicativos baixados.

– A App Store recebe a nova seção Explorer, para navegação entre as categorias e subcategorias. As buscas por tendências também estão disponíveis, e o scroll de resultados também está presente. Um logo de “Escolha do Editor” passa a qualificar os melhores aplicativos, enquanto que o “App Bundles” oferece descontos para conjuntos de aplicativos.

– A pré-visualização de aplicativos por vídeo também é enfatizada, além da estreia do TestFlight, onde os desenvolvedores podem convidar os usuários a testar os aplicativos, com o objetivo de receber sugestões e comentários.

Widgets no iOS 8. Bom, mais ou menos…

wwdc2025

– O Extensibility é uma das opções mais importantes do novo SDK do iOS 8, pois oferece a extensão de seus serviços aos aplicativos de terceiros. Com isso, as extensões podem se fazer ativas em sandboxes, garantindo a segurança e estabilidade do sistema como um todo, além de permitir uma comunicação entre si, usando essa capacidade. Com isso, mais opções de compartilhamento de informações entre aplicativos estão disponíveis.

– O suporte ao widgets chega ao iOS: pequenos programas podem oferecer funcionalidades adicionais, permitindo que tais widgets apareçam na Central de Notificações.

– Teclados de terceiros (finalmente) poderão ser utilizados no iOS 8.

HomeKit, a automatização do lar

– Abertura do TouchID, que pode agora ser utilizado por outros desenvolvedores. A segurança segue mantendo esse mecanismo, com os registros do início de seção protegido.

– Automatização do lar via HomeKit, uma certificação da Apple com as suas próprias APIs, que permitirá o controle de qualquer sistema de automatização a partir do iOS 8.

– CloudKit: um conjunto de ferramentas para trabalhar com o iCloud Drive e com outros serviços na nuvem. O uso dessas ferramentas é gratuito (com limitações), como transferência de até 5 TB de recursos por dia, ou transferências da base de dados de até 50 GB por dia.

– Metal: orientado aos jogos, pode reduzir a carga do OpenGL, melhorando o desempenho gráfico de forma considerável.

Nova linguagem de programação: Swift

– Swift é a nova linguagem criada pela Apple, que melhora o desempenho do Objective-C, linguagem que até agora foi o pilar do desenvolvimento de aplicativos no iOS 8. As melhora foram muito bem recebidas pelos desenvolvedores presentes no evento, e esse código pode funcionar de forma conjunta com o C e o Objective-C.

iOS 8: disponibilidade

O iOS 8 está disponível em fase beta a partir de hoje (02) para os desenvolvedores. A versão final só chega no outono do hemisfério norte (terceiro trimestre de 2014), que é quando provavelmente veremos novas versões dos smartphones e tablets da Apple. A nova versão do iOS será compatível com os seguintes dispositivos: iPhone 4S e superiores, iPod Touch de 5ª Geração, iPad 2 e superiores e todas as versões do iPad mini.