windows-8-start-button

A decisão da Microsoft de recuperar o tradicional botão Iniciar no Windows 8.1 foi recebida com um grande entusiasmo. Igualmente grande foi a decepção de muitos usuários ao comprovar que, na prática, agora existe um novo e bonito botão no canto inferior esquerdo da área de trabalho, que basicamente serve para acessar a tela iniciar do sistema operacional e seus aplicativos. Mas isso pode mudar em breve. Bom, vai demorar um pouco. Mas pode mudar.

Para a felicidade de muitos, parece que a próxima grande atualização do Windows vai trazer de volta o botão Iniciar DE VERDADE. E essa não será a única novidade importante a ser adicionada na interface do sistema da Microsoft.

De acordo com as fontes do sempre bem informado Paul Thurrott, o Windows Theshold, a próxima grande atualização do Windows, não só unificará as diferentes versões do sistema operacional, com serviços e ferramentas compartilhadas entre os computadores, dispositivos Windows Phone e console Xbox One, mas também vai trazer de volta o botão Iniciar do jeito que nós sempre conhecemos.

classic-shell

Este botão estará disponível de forma opcional, e sua disponibilidade vai depender se a versão escolhida do Windows suporta ou não a visualização da área de trabalho tradicional. Mas fato é que, a esta altura do campeonato, há um bom número de alternativas gratuitas e pagas para adicionar o botão Iniciar no Windows 8. Por outro lado, sempre é melhor que esse item acompanhe de série, por mais que a solução da Microsoft (muito provavelmente) não vai se equiparar à soluções tão completas, como o Classic Shell (foto acima).

A segunda brande novidade na interface da próxima versão é outro item muito solicitado pelos usuários: a possibilidade de executar aplicativos Metro na área de trabalho tradicional do Windows. Mais uma vez, essa é uma característica que pode ser habilitada através de software de terceiros, e só agora a Microsoft estaria disposta a adicionar como parte integrante do sistema operacional, unindo o estilo minimalista de sua interface moderna com o potencial e a amplitude de opções da área de trabalho clássica.

Podemos pedir mais. É claro que sim. Mas para começar, até que está bom.

Via WinSuperSite