windows-wearable

A Microsoft quer unificar a experiência do Windows em tablets, smartphones, computadores e no Xbox, através de aplicativos adaptados para diferentes tamanhos de telas, mas que se comunicam com as diferentes versões e formatos do Windows. Agora, a gigante de Redmond torna oficial os seus planos de levar o seu sistema operacional para a Internet das Coisas, através do Windows on Devices.

A iniciativa foi previamente vazada no começo da manhã de ontem (02), e agora, se torna pública, com o seu site alojado na plataforma Azure da Microsoft. Nele, é possível obter a informação que a Microsoft está trazendo o Windows para toda uma gama de pequenos dispositivos, tudo isso utilizando uma plataforma e ferramentas já conhecidas dos programadores.

A ideia da Microsoft é bem clara. Android e Linux estão monopolizando o mercado dos dispositivos wearables e da robótica, e Satya Nadella e sua turma decidiram que deveriam fazer o mesmo. Por conta disso, eles não tiveram problemas em fechar uma parceria com a Intel, outra gigante do mundo da tecnologia, para preparar produtos baseados na Internet das Coisas e nos gadgets vestíveis, para oferecer suporte para a plataforma Galileo.

Para mais informações, acesse: WindowsOnDevices.com.