windows-3

Hoje é um dia muito especial para praticamente qualquer amante da informática, principalmente para os mais veteranos. Em 22 de maio de 1990, a Microsoft lançou o Windows 3.0, uma versão essencial para a história de sucesso da gigante de Redmond.

O Windows 3.0 não foi um sistema operacional como tal, mas sim uma interface gráfica sobre o MS-DOS, oferecendo um acabamento muito mais amigável e acessível par ao usuário. Essa versão do Windows é importante por assentar as bases do que seria o Windows 95, que foi uma verdadeira revolução no segmento de software, por ser considerado um sistema operacional pleno, já que era um híbrido das plataformas 16 bits e 32 bits.

Também foi possível aproveitar dos benefícios dos 32 bits, com a atualização para o Windows 3.1.1, mas era necessário nesse caso contar com um processador 386 para obter uma experiência de uso adequada nesse modo (os processadores 286 se limitavam aos 16 bits).

Os requisitos mínimos para rodar o Windows 3.0 eram: um computador com processador 8086, 384 KB de memória livre, 20 MB de espaço em disco rígido, gráficos com suporte CGA/EGA ou VGA e o MS-DOS 3.1 pré-instalado. É preciso levar em conta que, para um desempenho realmente satisfatório, o sistema exigira um processador que fosse pelo menos um 286, e 1 MB de RAM. 

1_win30

O Windows 3.0 é, sem sombra de dúvidas, uma das versões mais importantes da história. Mudou completamente o destino da Microsoft, e preparou o mundo para o Windows 95, que causou uma verdadeira revolução, tornando a empresa de Bill Gates a ‘gigante de Redmond’ que conhecemos hoje.

Via Neowin