Windows 10 Creators Update

 

O Windows 10 Creators Update, a nova grande atualização do sistema operacional da Microsoft, chega ao mundo em 11 de abril, com um grande número de correções, melhorias e novidades, muitas delas voltadas aos criativos e artistas digitais.

A Microsoft confirmou que o update será oferecido de forma automática e gradual a partir do dia 11 de abril, incluindo novas ferramentas de design 3D, suporte nativo para realidade mista, e novidades práticas como o suporte ao modo de luz noturna.

Entre outras.

 

Uma das principais novidades é a chegada do Paint 3D, sendo esta a maior reformulação do legendário aplicativo, que passa a oferecer ferramentas para a criação de objetos 3D de forma simples.

Além disso, temos a chegada da tecnologia de realidade mista, oferecendo experiências imersivas, onde a realidade virtual e realidade aumentada se combinam. Os primeiros óculos de realidade mista devem chegar ao mercado no final do ano, com preço sugerido de US$ 299.

O Creators Update também oferece o Beam, aplicativo que ajuda a realizar streamings de partidas de videogames que podem ser vistas no PC e no Xbox One, com baixa latência para que os produtores de conteúdo podem distribuir esses vídeos com facilidade.

 

 

O novo modo de jogo do Windows 10 libera mais recursos do PC para os games. E o Xbox One ganha algumas novidades, tanto na área de trabalho como no gerenciamento da multitarefa e um controle dos pais para limitar o uso do console e PC com Windows 10 aos menores da casa.

 

Também temos mudanças no Microsoft Edge, que deve economizar bateria em notebooks, além de evitar ameaças de phishing e malwares. O novo modo de luz noturna adapta o brilho e as cores da tela quando está de noite.

 

 

Outra novidade é a reprodução em modo mini, com uma pequena janela PiP para ver uma janela sobreposta com o vídeo em qualquer outra parte da nossa tela. É possível (por exemplo) ver uma série/filme ou uma videoconferência enquanto trabalhamos.

 

 

Por fim, a nova opção do Windows Hello permite usar qualquer dispositivo iOS, Android ou Windows Phone emparelhado com o PC para detectar quando nos afastamos dele e automaticamente bloqueá-lo. Novos controles sobre as atualizações e a privacidade foram inseridas, o que pode ajudar a reduzir as recentes críticas que o Windows 10 recebe nesse aspecto.

 

 
Via Microsoft