O lançamento do Windows 8 aconteceu no final de outubro, e adicionou uma mudança radical ao sistema operacional da Microsoft. Mas… por que não lembrar de um tempo quando as coisas eram bem mais simples? Se voltarmos no tempo, em 20 de novembro de 1985, vamos ver o lançamento do Windows 1.0, a primeira versão da história do sistema operacional mais usado do planeta. Ou seja, hoje, 20 de novembro de 2012, o sistema Windows completa 27 anos.

O Windows 1.0 era a primeira tentativa real da Microsoft em lançar um sistema operacional com uma interface de usuário gráfica e multitarefa. O desenvolvimento desse sistema começou em 1981, quando a Microsoft iniciou oficialmente o projeto “Interface Manager”. Dois anos depois, eles rebatizaram o projeto para “Windows”, exibindo o primeiro preview do sistema ao mundo.

Naquela época, a Microsoft foi muito criticada pela iniciativa. Também, pudera: Bill Gates e sua turma usou de forma quase que indiscriminada diversos elementos gráficos que já estavam presentes na plataforma Macintosh, da Apple. Entre o primeiro preview público e o lançamento oficial, a Microsoft modificaram alguns de seus recursos e funcionalidades para serem minimamente diferentes dos rivais, chegando assim na versão Windows 1.01, que foi lançada dois anos depois de sua primeira demonstração, em 20 de novembro de 1985. O novo sistema operacional não despertou muito interesse dos usuários e dos fabricantes na época do seu lançamento, e o seu crescimento no mercado foi lento no começo.

O Windows 1.0 foi rapidamente substituído pelo Windows 2.0 em 1987, que trouxe como principal novidade a integração do Microsoft Word e do Microsoft Excel como programas integrantes do sistema operacional, além de contar com o suporte a programas de terceiros. Posteriormente, tanto o Word como o Excel saíram do Windows, para fazer parte de um pacote próprio, o Microsoft Office, que é hoje o principal software da Microsoft em termos de vendas.

O Windows só se tornou um sistema operacional de sucesso com o lançamento do Windows 3.x em 1990, que contava com um suporte maior para os dispositivos de hardware, recursos de redes e grupos de trabalho e conectividade com a internet. E depois disso, se tornou o sistema dominante com o lançamento do Windows 95, que através de um acordo com a maioria dos fabricantes de hardware do mercado, se tornou a plataforma mais usada do planeta, como é feito até hoje (mais de 90% dos computadores do mundo – entre desktops, notebooks, netbooks, ultrabooks, etc – contam hoje com uma versão do Windows instalada).

De forma oficial, as versões Windows 1.0 e Windows 2.0 sobreviveram até o final de 2001, que foi quando a Microsoft decidiu encerrar o suporte às duas versões.