Foto: Selfie de un macaco crestado anônimo. Edição: David Slater. Via Wikipedia, sob a licença Creative Commons.

Foto: Selfie de un macaco crestado anônimo. Edição: David Slater. Via Wikipedia, sob a licença Creative Commons.

Esta simpática selfie de um macaco virou o epicentro de uma absurda disputa legal entre o fotógrafo David Slater e a Wikipedia. Slater pediu, por diversas vezes, a remoção da imagem, mas os editores da enciclopédia virtual se recusam, alegando que o genuíno proprietário dos direitos de imagem é O MACACO, e não Slater!

Em 2011, Slater, que é um fotógrafo naturalista, estava na Indonésia, registrando os macacos da região. Um grupo particularmente curioso de macacos interrompeu sua seção de fotos, e fez essas imagens com uma de suas câmeras.

A foto foi parar no Wikimedia Commons, e desde então, Slater quer a retirada da imagem, pois infringia os direitos de copyright. Os responsáveis pela Wikipedia se negam, alegando que o proprietário da foto é quem a dispara (nesse caso, o macaco), e não o dono da câmera (no caso, Slater).

Na publicação da Wikipedia sobre essa espécie de macaco, os editores especificam que a foto foi registrada pelo animal, e depois editada por Slater, que já gastou US$ 17 mil nessa disputa legal.

O macaco não foi consultado para falar sobre o assunto.

Via The Telegraph