whatsapp-codificacao-ponta-a-ponta

O WhatsApp começa a notificar os seus usuários sobre a ativação da codificação ponta a ponta (end-to-end) para todas as mensagens trocadas dentro do seu serviço.

Em um momento onde o tema da privacidade está sendo especialmente recorrente por conta da polêmica da Apple e do FBI, o serviço de mensagens instantâneas mais popular do planeta (que é de propriedade do Facebook) decide dar um golpe de impacto, protegendo as mensagens do usuário de olhares alheios. Com isso, a tarefa dos órgãos governamentais e das entidades policiais fica mais complicada na hora de tentar obter informações que, em teoria, são por direito confidenciais para qualquer usuário.

Com esse movimento, todas as nossas mensagens, fotos, vídeos e notas de voz compartilhadas pelo WhatsApp serão codificados no envio, e só serão descodificados quando chegar ao dispositivo do receptor. Ou seja, a partir dos servidores do serviço de mensagens instantâneas não poderão ser acessados os conteúdos de nossas mensagens, fechando as portas para atacantes e autoridades.

whatsapp-criptografia-ponta-a-ponta

O WhatsApp começou a implementar esse tipo de codificação no final de 2014, levando o recurso aos poucos a todos os seus clientes oficiais (Android, iOS, Windows Phone, Nokia ou BlackBerry). A partir de hoje (05), todos os seus usuários poderão se beneficiar do Signal Protocol habilitado por padrão, um protocolo de código aberto desenvolvido pela empresa Open Whisper Systems.

“A partir de hoje, os usuários verão uma notificação em suas conversas, avisando que seus chats individuais e em grupo implementarão uma codificação ponta a ponta. Além disso, o status de codificação de qualquer conversa é visível na tela de preferências do mesmo”, afirma a Open Whisper em comunicado no seu blog oficial.

Via WIRED