waymo

 

A Alphabet confirmou o lançamento da Waymo, a companhia que vai conduzir os projetos de carros autônomos da empresa.

A Waymo está se separando da Google X depois de seis anos, para ser independente dentro da Alphabet, com maior margem de manobra e decisões, com o objetivo de amadurecer ao longo da próxima década o futuro do carro autônomo.

 

“A Waymo não é uma empresa de carros”

 

 

O CEO da empresa sera John Krafcik, que afirma estar pronto para remover a etiqueda de “experimental” da companhia, transformando-a em um negócio independente e rentável para a Alphabet.

A Waymo já tem uma parceria coma Fiat Chrysler Automobiles NA, que deve fabricar os monovolumes para testar os sistemas desenvolvidos por eles. Serão sistemas autônomos e semi-autônomos. Além disso, vai desenvolver uma plataforma de viagens compartilhadas, no estilo que Tesla, Uber e Lyft trabalham hoje.

Também sabemos que a empresa já realizou a sua primeira viagem totalmente autônoma, transportando uma pessoa pelas ruas de Austin, Texas (EUA) em outubro de 2015.

Agora, o objetivo é que as pessoas possam usar os veículos nas atividades cotidianas, mesmo que a pessoa não saiba dirigir, mas que poderão chegar a qualquer lugar com segurança. E eles deixam claro algo que chama a atenção para a ideia do foco da empresa: a Waymo não é uma empresa de carros.

 

Via Bloomberg