O Walmart quer implementar novas tecnologias em suas lojas para reinventar a experiência de compras no supermercado. Mas pode ter passado um pouco dos limites.

A rede varejista está desenvolvendo uma plataforma de inteligência artificial, que funciona com uma elaborada tecnologia de reconhecimento facial, que é capaz de identificar se os clientes estão ou não felizes.

A ideia é posicionar as câmeras de leitura nas filas dos caixas, e o sistema vai reconhecer se a pessoa está triste. Um funcionário da loja vai até a pessoa para verificar se ela está bem.

 

 

O sistema quer oferecer um melhor sistema de atendimento ao cliente, evitando um maior número de reclamações pelo estado emocional dos consumidores. Pode parecer uma medida exagerada, mas quem frequenta um Walmart sabe o quão complicado pode ser realizar as compras por lá.

Logo, o projeto parece sensato, apesar de reiniciar o debate sobre o abuso de privacidade e como eles podem explorar essa tecnologia para analisar o comportamento de compra.

 

Via BGR