winamp

A AOL anunciou na semana passada que eles vão fechar o website do Winamp de forma definitiva em 20 de dezembro de 2013, colocando um fim ao desenvolvimento e disponibilidade de 16 anos do player musical. Obviamente, a notícia não foi bem vista pelos fãs do aplicativo, que já se mobilizam para tentar ao menos persuadir os seus proprietários a salvar o Winamp de alguma forma.

Com isso, nasceu a petição online Save Winamp, que tem como objetivo convencer a AOL que vale a pena ao menos tornar o software disponível em código aberto, para que os desenvolvedores possam trabalhar na sua existência futura, em outros formatos e soluções alternativas. A petição foi criada por um grupo de nove desenvolvedores que pretendem melhorar o software do Winamp e oferecer tanto o programa quanto o seu código fonte para domínio público.

Diz o comunicado da petição:

A história da música digital começou com o Winamp. Nosso objetivo é convencer a Nullsoft (a subsidiária da AOL que está por trás do Winamp) a lançar o código fonte do programa, e nós vamos dar continuidade ao projeto, de forma open source.

A petição Save Winamp começou por Peter Zawacki, um proprietário de uma empresa de hospedagem na web da Austrália, e já tem mais de 21 mil assinaturas. Se você quer ajudar a salvar o Winamp (ou ao menos tentar), acesse a página da petição no Change.org, e deixe a sua assinatura.

Para mais informações sobre o projeto, visite o site do Save Winamp.