htc-one-mini

Algumas batalhas de patentes não foram concluídas, e a gente nem sabia. Enquanto nossas atenções ficaram por muito tempo concentradas na batalha entre Apple e Samsung, nos esquecemos completamente da disputa que Nokia e HTC travava na Europa. O motivo é o mesmo: infração de patentes. E a Nokia venceu uma importante batalha, já que o HTC One Mini terá que ser retirado do mercado do Reino Unido.

O tribunal local emitiu uma sentença a favor dos finlandeses, que proíbe que o citado smartphone seja vendido nas lojas daquele país. A ordem de sentença se tornará efetiva a partir do próximo dia 6 de dezembro – ou seja, dentro de apenas três dias. Vale a pena lembrar que o modelo HTC One também é alvo da fúria da Nokia pelas mesmas infrações de patentes, o que pode resultar no mesmo fim que o seu irmão menor, porém, o juizado do caso reconheceu que a proibição de venda do principal smartphone da HTC nesse momento pode ser consideravelmente danoso para a marca.

A HTC (como era de se esperar) não está de acordo com a decisão, alegando que o componente de hardware criador de toda essa discórdia é pequeno demais para que as vendas do One Mini sejam proibidas no Reino Unido. Obviamente, eles pretendem apelar dessa decisão. Veremos como essa questão será resolvida no futuro.

Via Bloomberg