pc-computadores-desktops

Tanto a Gartner como a IDC confirmam que a desaceleração nas quedas das vendas dos PCs e notebooks tradicionais acabou. A queda mais acentuada voltou a acontecer no primeiro trimestre de 2015, se comparado com o primeiro trimestre do ano passado.

Os números não são trágicos, principalmente se levarmos em conta que o Windows 10 está chegando, e pode reaquecer o mercado. O IDC indica que foram vendidos 68.5 milhões de PCs e portáteis, uma queda de 6.7% em relação ao primeiro trimestre de 2014. A Garter estima que as vendas foram de 71.7 milhões de unidades (incluindo os Chromebooks), o que suaviza a queda em 5.2%.

Os principais fabricantes do setor mantiveram as suas posições. A Lenovo ficou com 17% do mercado segundo a Gartner, seguida pela HP, com 16%. Na IDC, a diferença é ainda menor: 17.6% para a Lenovo, contra 17.1% da HP.

Outros fabricantes como Dell, Acer e ASUS reduziram sua fatia de mercado, mas as coisas podem mudar para alguns deles. A Dell está se tornando protagonista nesse primeiro semestre com o modelo XPS 13, e a chegada do Windows 10 no meio do ano fará com que a maioria dos fabricantes lancem novos modelos.

Será interessante ver esses números em abril de 2016.

Via Re/code