nexus-6

Apesar do Google aumentar os seus ingressos e lucros ano após ano, e com uma Play Store crescendo constantemente, não podemos dizer o mesmo dos dispositivos Nexus, cujas vendas seguem caindo, algo deduzível quando constatamos a redução dos ingressos.

Fato é que o Google nunca teve a intensão de ser um sério competidor no mercado de smartphones, e os dispositivos Nexus serviam mais para ajudar no desenvolvimento do Android do que uma linha de produtos para fazer dinheiro. Porém, a queda nas vendas não deixa de ser um pequeno baque, e o motivo pode estar nos elevados preços do seu tablet e smartphone mais recente.

O Google sempre vendeu dispositivos com uma ótima relação custo/benefício, mas com o Nexus 6 e o Nexus 9, essa política não foi adotada, com preços de 649 e 389 euros respectivamente para os produtos. Eles são muito mais caros que os modelos anteriores, e ultrapassando em muito o preço que muitos estão dispostos a gastar em dispositivos com suas características.

Sem falar no fato que o Nexus 6 é um phablet de 6 polegadas, algo que incomodou a muitos, mesmo sendo um produto muito bom.

Estaria o Google preocupado com esse cenário? Ao que tudo indica, não. Como já foi dito, eles nunca pensaram em ser um grande vendedor de smartphones (ou um concorrente sério aos seus parceiros). Porém, veremos em breve se eles estão dispostos a manter a atual política de produtos com preços ‘top de linha’ por muito tempo.

Via LiliputingGoogle