Senhas em sites

Nas últimas semanas, ficamos sabendo que sites como LinkedIn, Tumblr e MySpace perderam o controle de sua base de dados de senhas dos seus usuários. Ainda que o armazenamento dessas informações foi feito com medidas de segurança padrão, as pessoas que utilizaram as mesmas senhas em vários locais estão sendo obrigadas a mudar as senhas em sites que não foram alvos dos hackers, como Netflix e Facebook.

Acontece que esses grandes serviços estão analisando as bases de dados hackeadas para descobrir se seus usuários repetiam as senhas, e assim proteger os mesmos. O fato é que, se uma senha é curta, uma vez descoberta, ainda que a informação esteja cifrada, é algo realmente simples.

O caso de Mark Zuckerberg é um exemplo perfeito: ele foi vítima dos hackers por usar a mesma senha em vários locais, sem falar que a senha utilizada por ele era simplesmente “dadada”.

A Netflix enviou milhares de mensagens aos usuários que viram seus dados vazados pela internet, pedindo para que eles mudem suas senhas para evitar problemas. Aproveitamos a oportunidade para lembrar alguns passos recomendados para manter suas contas seguras na internet:

– Usar senhas diferentes em diferentes sites.
– Usar senhas com 10 ou mais dígitos.
– Ativar autenticação de vários fatores quando possível.
– Usar um bom administrador de senhas.

Via KrebsOnSecurity