onedrive

A eliminação do armazenamento ilimitado e a limitação da quantidade oferecida no OndeDrive ia trazer consequências óbvias. Na internet, milhares de usuários estão indignados com as decisões da Microsoft, e não é para menos.

No site Change.org, há uma carta pública dirigida à equipe do OneDrive, onde eles pedem que a Microsoft volte atrás na decisão tomada, ao menos de forma parcial, pedindo 2 TB para aquelas pessoas que contavam com o armazenamento ilimitado, a restauração dos planos de 100 GB e 200 GB, e a manutenção do bônus de 15 GB para as pessoas que usam o plano gratuito. Até agora, 5 mil pessoas assinaram a petição.

Além dos usuários que se beneficiavam do armazenamento ilimitado, os mais prejudicados são os usuários do plano gratuito, já que a redução dos planos de 100 GB e 200 GB para apenas 50 GB não se aplicará de forma retroativa. Agora os usuários gratuitos contam com até 30 GB através do bônus de envio de fotos pelo smartphone, com 15 GB no mínimo.

Muitos usuários certamente optaram pelo OndeDrive com esses 15 GB que oferece, e ao reduzir para 5 GB, a única coisa que a Microsoft vai conseguir é que esses mesmos usuários migrem para outros serviços. Por outro lado, o plano gratuito do OneDrive oferece uma capacidade muito menor em se comparados com outros (Mega ou Mediafire oferecem 50 GB de graça, por exemplo).

Parece que muitos usuários entenderam os motivos da Microsoft ao limitar o armazenamento ilimitado, mas não faz muito sentido os certos pagarem pelos pecadores, e limitar os usuários que não cometeram qualquer abuso.

Uma retificação por parte da Microsoft iria beneficiar tanto os usuários como a própria empresa.

Via PCWorld