gamers-athlets

Mais um argumento para você combater o discurso paterno que sempre afirma que passar horas diante dos videogames é algo negativo. A Universidade de Chung-Ang (Coreia do Sul), uma das dez mais importantes do país, começará a aceitar solicitações de gamers no seu programa de estudos desportivos para o curso 2014-2015.

Os estudantes que optaremo por essa carreira terão o mesmo status do Departamento de Ciências do Esporte, que se dedicam aos esportes mais tradicionais. Trocando em miúdos: terão status de atletas.

A medida não é algo tão estranho assim, levando em consideração que a Coreia do Sul é um dos países que produzem os melhores gamers profissionais do mundo. No país, os torneiros de jogos como Starcraft II são televisionados, e atraem basicamente o mesmo público que uma partida de futebol.

Via Ubergizmo