apple-music-logo

Lembra do rumor sobre as supostas intensões da Apple e de parte da indústria musical de acabar com a música gratuita e patrocinada com publicidade? Pois bem, o assunto não passou desapercebido pelos órgãos reguladores da União Europeia, que abriu investigação para saber se o Apple Music realmente busca acabar com esse tipo de serviço, especialmente o Spotify.

O parecer da União Europeia foi muito claro sobre essa suposta conspiração, informando que não encontraram evidências de que a Apple e parte da indústria fonográfica tivessem reais planos de acabar com os serviços de música gratuitos, ou ao menos não dentro na normativa europeia (se em nível comercial o Apple Music barrar o Spotify, isso é outra história, mas aqui falamos da concorrência dentro do mercado).

Pese à isso, a União Europeia segue vigilante, e vai supervisionar a situação do mercado da música digital para eventuais mudanças no futuro. Mas pelo menos por enquanto, a Apple pode ficar tranquila: seu serviço de músicas poderá por enquanto operar com total normalidade, e competir com os serviços de música gratuitos com as suas próprias armas.

Via Ubergizmo