blackberry-bold-9900-1

Não é uma brincadeira ou pegadinha. O CEO da BlackBerry, John Chen, decidiu reiniciar a produção do modelo Blackberry Bold 9900, cujas reservas já começaram nos Estados Unidos e Canadá, mercados onde o modelo foi visto como muito popular.

O motivo é bem lógico: dos 3.4 milhões de dispositivos vendidos pela BlackBerry no quarto trimestre de 2013, 2.3 milhões foram smartphones baseados no sistema operacional BlackBerry OS 7. Parece que Chen quer aproveitar essa base de usuários para voltar a oferecer um dos dispositivos mais bem sucedidos da empresa no passado.

O BlackBerry Bold 9900 mantém o seu teclado físico característico, com uma tela touch de 2.8 polegadas (480 x 640 pixels), processador single core de 1.2 GHz, 768 MB de RAM e 8 GB de armazenamento (expansíveis via slot para cartões microSD de até 32 GB). Na parte traseira, temos uma câmera de 5 megapixels, e uma bateria de 1.230 mAh.

O dispositivo estará disponível para reservas a partir do dia 18 de junho, com preço sugerido de US$ 399. Um valor um pouco elevado para um smartphone com um hardware de quase 3 anos. Por outro lado, temos aqui muito mais o fator de nostalgia e preferência comprovada do que a relação custo/benefício que o dispositivo pode oferecer.

Outra opção para os seguidores da marca é o iminente BlackBerry Classic, que deve chegar em novembro, com uma tela de 3.5 polegadas e sistema operacional BlackBerry OS 10.3. De qualquer forma, é uma curiosa volta ao passado.

Via PhoneArena