apple-a10-fusion

O novo processador A10 Fusion que a Apple inseriu nos novos iPhone 7 e iPhone 7 Plus foi uma das novidades mais importantes dos novos smartphones. Agora temos um processador quad-core, mas dividido em dois grupos, com uma estrutura big.LITTLE.

Os dois núcleos de alto desempenho trabalham quando utilizamos aplicativos exigentes, e os dois núcleos de baixo consumo atuam no cenário contrário, permitindo um menor consumo de bateria.

Um escaneamento de raio X mostra as entranhas do A10 Fusion, mostrando os transístores que podem não ser muito claros para a maioria.

Do lado direito, temos o bloco com os dois núcleos de alto desempenho do processador, mas que também poderão estar integrados no lado esquerdo, ocupando uma superfície muito menor.

 

apple-a10-fusion-2

 

Do mesmo lado esquerdo, temos os dois núcleos de alto desempenho, enquanto que na parte superior fica a GPU de seis núcleos gráficos. Os demais elementos são a memoria SRAM  e as interfaces SDRAM.

O Apple A10 Fusion possui 3.3 bilhões de transístores, superando em 20% a longitude do Apple A9, mas mantendo o processo de fabricação de 16 nanômetros.

Via PhoneArena