A Elecom quer fazer com que os profissionais japoneses adiantem o trabalho que precisa ser feito no dia seguinte dentro do metrô, durante o caminho de volta para casa. para isso, eles oferecem o seu novo teclado NFC para smartphones.

O periférico é compatível com qualquer smartphone Android japonês que você já inveja a algum tempo (não podemos afirmar que ele vai funcionar com smarts Android de outros mercados), desde que conte com a versão 2.3.4 (Gingerbread) ou superior do sistema do Google. O mais interessante desse produto é que ele não exige nenhum processo de emparelhamento, nem cabos para poder processar textos em seu teclado físico.

Tudo o que você precisa é ter a coragem de desembolsar aproximadamente US$ 240 para ter essa praticidade na sua vida. É um preço razoavelmente caro para um acessório, certo? Mas calma, a “melhor” parte da notícia vem agora: a bateria do produto não pode ser recarregada, nem substituída por uma nova. Uma vez que a sua autonomia de seis meses de uso chegar ao fim, se você quiser continuar contando com os benefícios de ter um teclado físico ao seu dispor, você é OBRIGADO A COMPRAR OUTRA UNIDADE DO TECLADO DA ELECOM!

Isso mesmo que você leu. Acabou a autonomia de bateria do acessório, você pode usar o produto para nivelar as mesas da sua casa, pois como teclado para o seu smartphone Android, ele não serve mais! E isso, em pleno ano de 2012.

Acho que, mesmo para o Japão, que é um país mais adinheirado que o Brasil, tais estratégias que são feitas claramente para vender mais produtos não colam mais. De qualquer forma, se você se interessou pelo produto, pode ver mais detalhes sobre o seu design, com mais fotos e o vídeo a seguir.

Via Akihabara News