pita-01

Pesquisadores da Universidade de Tel Aviv (Israel) construíram um dispositivo de US$ 300, que recebe o nome de PITA (Portable Instrument for Trace Acquisition). Ele captura as ondas eletromagnéticas gerados pela CPU de um computador, e utiliza esses dados para decifrar dados codificados com RSA e ElGamal, a uma distância de 19 polegadas.

O PITA recebe o mesmo nome de um pão, por conta do seu tamanho similar, e utiliza quatro pilhas AA. Os dados que ele rouba podem ser armazenados em um microSD ou enviados via WiFi até o computador do atacante. Os pesquisadores fizeram uma demonstração através da extração de chaves codificadas pelo GnuPG. Depois da publicação dos testes, eles avisaram para a equipe desenvolvedora sobre a falha, que foi corrigida.

pita-02

Por ser bem discreto, o PITA pode ser colocado nos locais menos esperados para roubar os dados. Inclusive em um sanduíche. Até porque a ideia não é tão absurda assim.

Via Engadget, WiredUniversidade de Tel Aviv