android-malware

Durante o primeiro trimestre de 2015, os cibercriminosos aumentaram os seus esforços para tirar vantagem dos usuários do Android, ao ponto de se registrar um novo malware para o sistema do Google a cada 17.6 segundos.

O objetivo é claro: infectar o maior número possível de usuários, algo que o Android é alvo constantemente, uma vez que é o sistema operacional móvel mais utilizado no mundo. De acordo com os dados compilados pela G DATA durante o primeiro trimestre de 2015, foram identificados 440.267 novas mostras de malwares desenvolvidos especificamente para atacar o Android, ou 4.900 por dia, em média.

Os números representam um aumento de 6.4% em relação ao último trimestre do ano passado, e de 21% em relação ao mesmo período de 2014. Das novas ameaças, 50.3% tinha motivações econômicas diretas, buscando o roubo de informações bancárias ou forçar o envio de SMS premium. Se contarmos com aqueles que buscavam benefícios econômicos indiretos, os números crescem absurdamente.

malwares-for-android

É o preço da fama de um sistema operacional. Essa realidade o Windows vive há mais de duas décadas, e agora é a vez do Android experimentar desse doce veneno.

Via Softpedia