mapa-500MB-worldwide

A ITU (União Internacional de Telecomunicações) publicou um relatório que mostra o preço que cada cidadão de diferentes países do globo precisam pagar por um pacote de 500 MB de dados de internet móvel. De forma quase surpreendente, os Estados Unidos pagam mais pelo pacote de dados que o Brasil (pelo menos nesse volume de dados analisados pelo estudo).

O país que menos paga pelos tais 500 MB é a Áustria. Aliás, os países da região germânica são os que pagam menos pelos pacotes de internet no mundo. A Espanha, por exemplo, está entre os países europeus onde o pacote de internet está entre os mais caros.  Já o Brasil (e essa não é nenhuma surpresa), está entre os países onde o pacote de internet é considerado os mais caros do mundo.

Os dados não são os preços exatos, mas sim a porcentagem do preço mensal em relação à renda nacional bruta. Logo, essa medição é relativada. Ou seja, um pacote de 500 MB nos EUA pode custar menos que no Brasil, mas a relação custo/benefício pela média financeira do cidadão pode fazer com que esse pacote saia surpreendentemente mais caro.

No caso específico dos Estados Unidos, o jornal The Economist entende que o preço do país é explicado pelo simples fato de haver apenas dois grandes operadoras de telefonia móvel nacionais, e o custo de estabelecer uma rede decente de telecomunicações no país é muito mais elevado do que aquele adotado em um pequeno país da Europa.

Meso assim, países como a Rússia e o Brasil (que tem dimensões continentais, tal como os Estados Unidos) ficarma com valores abaixo dos EUA. Na América do Sul, a média de valores é bem nivelado, enquanto que na Europa, os valores se unificam nos países membros da União Europeia.

Via Gadgetos, The Economist