lg-g3-foto

A apresentação do LG G3 deixou claro que este é um dos smartphones referência entre os modelos top de linha para os próximos meses. Mesmo assim, os coreanos tiveram que tomar decisões de design que não agradaram a alguns, principalmente na escolha da carcaça de plástico. Um dos motivos para essa escolha foi a redução de custo.

Chul Bae Le, vice-presidente de design mobile da LG, afirmou ao site TrustedReviews que a utilização de metal no novo LG G3 resultaria em um aumento de preço de aproximadamente US$ 300 no produto, e que a adoção de uma carcaça de plástico com textura que simulava o metal era a decisão mais acertada, já que os custos de utilização do metal real seriam elevados demais para serem repassados para o consumidor.

Além disso, o executivo explica que o material tornaria o smartphone mais pesado, menos firme ao agarre, e com bordas mais volumosas, prejudicando o design geral.

Ainda não conhecemos os preços oficiais do LG G3, mas tirando por base que um competidor direto com corpo metálico – o HTC One (M8) – custa 729 euros, podemos concluir que o novo top de linha da LG deve ter um preço consideravelmente menor.

Via TrustedReviews