iphone-se-teaser

O iPhone SE está no mercado, um smartphone de nova geração na maioria dos seus componentes, e que se apresenta como o primeiro iPhone “de estreia” mais acessível, para quem quer ter um smartphone com iOS. Certo?

Mais ou menos.

Apenas como curiosidade, se você pesquisar os preços do iPhone original, você vai encontrar pelo menos um caso onde a Apple decidiu reduzir substancialmente o preço de uma geração do seu smartphone, poucos meses depois de sua chegada ao mercado, e sem haver um lançamento de um modelo superior. Isso é mais comum no segmento Android, onde os smartphones lançados (mesmo os tops de linha) se desvalorizam muito rapidamente, até porque existe uma concorrência forte entre os smartphones com o sistema operacional da Google.

Mas no caso da Apple? Foi muito raro ver a empresa reduzir preços de seus produtos de última geração. O normal é ver reduções de preço das gerações anteriores, depois da chegada de um novo iPhone.

Mas…. quando isso aconteceu, afinal de contas?

 

De US$ 599 por US$ 399, dois meses depois do seu anúncio

iphone-2g-tease

Lançado em junho de 2007 em duas versões (4 GB e 8 GB), o iPhone 2G chegou ao mercado com preços de US$ 499 e US$ 599 respectivamente. Eram outros tempos, com preços habitualmente associados com contratos de dois anos com diferentes operadoras, mas em todo caso, alinhados com modelos similares e até com os valores cobrados pelos modelos atuais.

Pois bem, no começo de setembro desse mesmo ano, a Apple soltou uma nota de imprensa, anunciando a redução imediata de preço do seu modelo mais caro, o de 8 GB, que passaria dos US$ 599 para US$ 399. Ao mesmo tempo, retirava do mercado a sua versão com 4 GB. Seu objetivo com esse movimento era alcançar a marca de 1 milhão de smartphones vendidos e a primeira grande campanha de compras antes do Natal do primeiro ano em que havia um smartphone da gigante de Cupertino no mercado era uma magnífica oportunidade.

Enfim, outros tempos.

De qualquer forma, para resumir, não é a primeira vez que temos um iPhone “novo” a US$ 399. A diferença é que, dessa vez, a Apple não esperou dois meses para mudar os preços.