galaxy-note-7-incendiado-aviao

A última coisa que a Samsung queria ou esperava era isso: que um dos seus Galaxy Note 7 substituídos pegasse fogo. E aconteceu.

Um novo caso do Galaxy Note 7 com problemas, algo que não deveria chamar a atenção se não fosse o fato de ser uma unidade substituída. Para dar mais emoção ao assunto, o smartphone pegou fogo dentro de um avião Boeing 737-700 da Southwest Airlines, que cancelou sua decolagem em plena manobra em pista quando o piloto foi avisado que o citado smartphone estava pegando fogo.

O site The Verge conversou com o proprietário do smartphone, Brian Green, que pegou a nova unidade em uma loja da AT&T em 21 de setembro. A imagem abaixo mostra a bateria com um quadro negro, o que indica que é um Galaxy Note 7 substituído e supostamente 100% seguro para o seu uso, de acordo com as diretrizes da Samsung.

Green garante que o Note 7 também exibia o novo ícone de bateria verde, com 80% de sua capacidade no momento do incidente.

 

Todas as medidas de segurança foram tomadas. Mesmo assim…

 

galaxy-note-7-incendiado-aviao-02

 

Green garante que, depois dos alertas habituais da tripulação, desconectou o seu smarphone e o colocou no bolso. Ate que ele começou a perceber uma fumaça cinza esverdeado. Tirou o telefone do bolso e, horas mais tarde, ao reconhecer os seus pertences, o smartphone estava incendiado.

O Galaxy Note 7 da discórdia está nesse momento em poder dos bombeiros de Louisville para uma investigação. A Samsung por enquanto não se pronunciou sobre o assunto.

 

Via RecodeThe Verge