518152082

Já era de se imaginar que uma hora isso iria acontecer. Por isso que é tão importante que se reveja a situação dos drones nas grandes cidades. Ou que se crie leis específicas para isso.

A polícia metropolitana britância confirmou a investigação de um incidente ocorrido no aeroporto de Heathrow, depois que um avião da British Airways colidiu com o que pareceu ser um drone. A BBC News informa que o piloto do voo BA727, vindo de Genebra com 132 passageiros a bordo), entrou em contato com a polícia depois da colisão, ocorrida às 12h50 (horário local).

As autoridades precisam confirmar os detalhes, mas no caso de se tratar de um drone, seria a primeira colisão com um avião de um veículo aéreo não tripulado já registrado. Um responsável pela companhia aérea confirmou que o avião aterrizou sem problemas, e após uma exaustiva análise foi autorizada para operar no voo seguinte.

Os drones chegam de fábrica com um sistema de posicionamento que restringem o uso em aeroportos e áreas restritas, protegidas pelas autoridades da aviação civil, inclusive sendo proibidos de voar a mais de 120 metros, ao mesmo tempo que os pilotos não podem perder de vista o seu veículo. São regras bem claras, mas com muitas lacunas legais.

De qualquer forma, o principal problema está no desconhecimento dos usuários, que compram os drones sem estar conscientes da responsabilidade que existe ao utilizar um produto desse.

Via BBC News