detector-de-mentiras

A ideia de conseguir um detector de mentiras eficaz e capaz de aprender cada vez mais através da exposição aos casos do mundo real é algo bem interessante, e seria muito útil em diversos setores. A Universidade de Michigan trabalha em um projeto que não apenas cumpre esses objetivos, mas também ser implementado em um futuro com várias medidas que complementarão o seu potencial para detectar mentiras.

Mas… vamos por partes. Hoje estão desenvolvendo um software que é capaz de identificar quando uma pessoa mente, levando em conta diferentes aspectos, que vão desde os seus gestos até o conteúdo de sua comunicação oral, ou a forma como usa as palavras ao se expressar. O sistema tem uma taxa de acerto de 75%, e é capaz de aprender com o mundo real.

Mas o projeto não se limitará a avaliar a linguagem oral e corporal do sujeito para determinar se a pessoa mente ou não, mas também se antecipando com a inclusão de sistemas que detectam mudanças no ritmo cardíaco, a respiração e a temperatura corporal. E tudo isso sem tocar a pessoa.

O uso simultâneo de todos esses elementos pode elevar a taxa de acerto para algo próximo a 100%. Não há previsão sobre quando esse sistema chegará ao mercado.

Via Engadget