smartphones

Um estudo do Device Atlas, empresa dedicada à análise de tendências e fluxos de mercado, revelou vários e importantes indicadores sobre as preferências dos consumidores de smartphones no segundo trimestre de 2017.

Tais dados mostram em detalhes como está o termômetro do mercado mobile no Brasil em diversos aspectos e detalhes que podem ser relevantes na decisão final para a compra.

Começando pelos processadores. No Brasil, a Qualcomm é a mais popular, com ampla dominância nos modelos de entrada e linha média, com destaque especial para o Snapdragon 410, presente em inúmeros modelos.

 

 

Uma surpresa é ver os processadores A da Apple bem populares no Brasil, principalmente nos modelos A8 e A9, seguidos dos chips Exynos da Samsung e modelos da MediaTek, essas duas últimas quase empatadas no nosso mercado, na quinta e sexta posições, respectivamente.

 

 

Já nos Estados Unidos, por exemplo, os chips da Apple dominam, com os modelos Apple A9, Apple A10 Fusion e Apple A8 liderando o ranking.

No consumo de memória RAM, estamos ainda muito atrasados. A maioria dos consumidores optam por smartphones com 1 GB de RAM, muito por conta do fator preço. Só Colômbia, Nigéria e Rússia estão acima de nós nesse ranking. O Brasil é também um dos países que mais utiliza smartphones com dual SIM.

A maioria dos smartphones em uso no nosso país foram fabricados ou lançados em 2015, mas em uma porcentagem quase empatada com os modelos lançados em 2016. Os dispositivos lançados em 2013 ainda são muito populares, mas ficam em terceiro lugar no ranking.

 

 

No quesito tela, o tamanho mais popular por aqui é a de 5 polegadas, seguida pelas 4.7 polegadas (imediatamente associadas a um iPhone) e 4 polegadas (associadas ao iPhone SE). Os números vão na contramão da tendência de aumento do tamanho de telas (5.5 polegadas ou mais).

 

 

Nos EUA, as telas de 4.7 polegadas são mais populares (31%) por causa dos iPhones, mas logo atrás temos os phablets, que não param de ganhar terreno por lá (22%).

Falando de iPhones, o mais popular no Brasil é o iPhone 6. O nosso país é um dos que menos vende os smartphones da Apple, como um puro reflexo do retrato sócio-econômico do país. Sobre a adoção do iPhone 7, o Brasil fica atrás da Colômbia, e na frente apenas da Nigéria e Índia.

 

 

Nem é preciso dizer que o Android é o sistema mais utilizado entre os consumidores brasileiros. Aqui e em vários países, mesmo registrando uma leve queda de cota global de mercado.

 

 

O smartphone mais utilizado no Brasil é o mítico Moto G, linha extremamente popular da Motorola. Na segunda posição temos o Samsung Galaxy J5, e na terceira posição o Motorola Moto G de segunda geração.

O Brasil é um dos maiores mercados da Motorola no planeta, e isso acontece justamente pela popularidade das duas primeiras gerações do Moto G.

 

 

Por fim, o relatório permite ter uma noção mais abrangente da nossa realidade no mercado de telefonia, além de identificar os hábitos de consumo do consumidor brasileiro.

 

Via Device Atlas