Como parte da restruturação financeira da empresa, a Nokia anunciou que vai fechar a sua última fabrica no seu país de origem, a Finlândia. A unidade na cidade de Salo não mais vai existir a partir do mês de setembro.

A notícia foi confirmada logo depois dos rumores de que a Nokia estaria abandonando o projeto Meltemi, que visava criar um sistema operacional específico para os celulares de baixo custo da empresa. A medida também reforça a ideia da fabricante em demitir 3.700 funcionários na Finlândia e 10 mil funcionários ao redor do planeta.

A fábrica de Salo era a última presente no Oeste Europeu, e sua produção de smartphones já estava reduzida pela metade de sua capacidade total. A fábrica produziu o seu último smartphone hoje (27), e informou que 780 vagas de trabalho relacionadas à esta unidade serão cortadas ao longo de 2012. A decisão foi tomada depois de conversas com representantes de diversos segmentos da empresa, e a fábrica será completamente desativada em setembro de 2012.

É a Nokia tomando medidas drásticas para sobreviver no mercado de telefonia. Mas com lançamentos “mortos” como o do 808 PureView e Lumia 900, fica bem difícil.

Via SlashGear