ubuntu

Podemos dizer (quase) sem medo de errar que o Ubuntu é a distribuição Linux mais popular de um modo geral. Temos outras igualmente interessantes, como a Debian ou a Mint, por exemplo, mas fato é que a distro da Canonical é realmente muito popular, inclusive nos setores específicos, como é o da computação na nuvem.

No gráfico que acompanha essa notícia, podemos ver que, de acordo com os dados do Amazon Cloud, 57% do mercado Linux nessa categoria pertence ao Ubuntu. A marca é o dobro da soma de todas as demais distribuições, incluindo a Centos e a Debian.

A Centos o cupa a segunda posição, mas com uma grande distância do Ubuntu. A terceira posição fica para a Redhat Enterprise, enquanto que as demais posições se repartem entre Debian, Scientific Linux e Fedora.

Ubuntu-linux-cloud-os

Não resta dúvidas que a facilidade de uso do Ubuntu (inclusive para os usuários com menos experiência), unida à grande comunidade que respalda a distro, a grande quantidade de informação que existe sobre ela e os seus bons ciclos de atualização e suporte foram fatores decisivos na sua crescente popularidade.

Via Fossbytes